Lifting Facial: O que é? Para que serve? Quais benefícios?

Lifting Facial: O que é? Para que serve? Quais benefícios?

O envelhecimento é um processo natural da vida, mas para muitos de nós, as mudanças que ele traz à nossa aparência podem afetar nossa autoestima e confiança. À medida que o tempo passa, é comum notar rugas, flacidez e perda de elasticidade na pele do rosto. 

É nesse ponto que entram em cena alguns procedimentos como a Harmonização Facial e o Lifting Facial, um procedimento estético que visa restaurar a juventude e a harmonia da face. Neste artigo, vamos entender melhor o que é Lifting Facial, seus diferentes tratamentos e como ele se relaciona com a Harmonização para oferecer aumentar a autoestima dos pacientes.

Se você quiser ler mais sobre o assunto, no artigo: “O que é melhor para o rosto perfeito? Cirurgia Plástica ou Harmonização Facial?”. A Dra. Maíra Platero explica um pouco mais sobre o Lifting Facial.

O que é o Lifting Facial?

O Lifting Facial, também conhecido como ritidoplastia, é um procedimento cirúrgico estético que visa melhorar a aparência do rosto, reduzindo os sinais visíveis do envelhecimento, como flacidez da pele e perda de firmeza muscular.

Seu principal objetivo é recuperar o tônus da pele, fazendo com que os tecidos faciais fiquem firmes novamente. É uma das opções para quem busca um rosto mais jovem e harmonioso.

O procedimento envolve a remoção do excesso de pele e, em alguns casos, a reposição ou reestruturação dos músculos faciais subjacentes. 

O Lifting Facial consegue tratar a flacidez da pele na parte inferior, minimizar rugas profundas nas pálpebras inferiores, reduzir a papada (o excesso de pele e gordura no pescoço), e diminuir a sensação de “queda” na mandíbula.

Segundo dados do Censo de 2018 da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o  Lifting Facial representou 3,4% de todas as cirurgias plásticas feitas no Brasil. 

Existem opções não cirúrgicas para o rejuvenescimento facial?

Um Lifting cirúrgico (Ritidectomia) usa cortes para esticar a pele do rosto ou pescoço, também pode remover o excesso de pele, transferir gordura para o rosto ou reposicionar os tecidos faciais subjacentes, como os músculos e a gordura, para criar uma aparência mais jovem e firme.

O procedimento pode tratar a flacidez da pele e queda dos músculos faciais. Por ser um procedimento cirúrgico, é mais invasivo, geralmente requer anestesia e tempo de recuperação.

Porém, existem procedimentos não cirúrgicos e menos invasivos, que podem auxiliar ou serem complementares no processo de rejuvenescimento facial, como o uso de fios tensores, peelings químicos, preenchimentos dérmicos dentre outros, para melhorar a aparência da pele e reduzir a flacidez.

Quais os benefícios do Lifting Facial?

O Lifting Facial tem como objetivo melhorar a aparência do rosto, reduzindo os sinais de envelhecimento e flacidez da pele. 

É recomendado para pacientes acima dos 40 anos, pois nessa idade é normal observar redução na firmeza e elasticidade da pele facial. Para todos os casos, é necessário fazer uma consulta com um especialista para uma avaliação prévia. 

Existem vários benefícios associados a esse procedimento, incluindo:

  • Rejuvenescimento facial;
  • Correção de flacidez muscular e de pele;
  • Melhora na definição do contorno facial;
  • Combate à flacidez no pescoço;
  • Combinação com outros tratamentos;
  • Melhora da autoestima do paciente.

Como é realizado o Lifting Facial?

Um Lifting Facial trata as estruturas mais profundas dos tecidos faciais e do pescoço, e remove áreas selecionadas de gordura. 

Pode ser realizado isoladamente ou como complemento de outros tratamentos ou intervenções, como a cirurgia de pálpebras (Blefaroplastia) ou do queixo (Mentoplastia).

Vamos conhecer um pouco mais dos procedimentos de Lifting Facial cirúrgicos:

Minilift

O “Minilifting” envolve incisões menores e menos abrangentes do que um Lifting Facial completo, resultando em cicatrizes menores e uma recuperação mais rápida. 

O principal objetivo de um Minilifting é melhorar a aparência da pele flácida e das rugas em uma área específica do rosto, sem a necessidade de realizar uma cirurgia facial completa. Isso pode incluir a remoção de papada, correção de sulcos nasolabiais ou o levantamento das bochechas caídas.

Durante um Minilifting, o cirurgião plástico faz pequenas incisões na área a ser tratada, então, a pele e os tecidos subjacentes são tensionados e elevados para criar uma aparência mais firme e rejuvenescida. Frequentemente, é utilizada anestesia local ou sedação em vez de anestesia geral.

Os resultados do Minilifting são visíveis imediatamente, porém, a inflamação e inchaços podem ocultá-los temporariamente. Com o tempo de recuperação, esses efeitos diminuem, deixando mais aparente a área tratada.

Lifting facial e pescoço (Cervicofacial) 

Trata flacidez e rugas nos terços médio e inferior da face e pescoço. As incisões são localizadas ao redor das orelhas para que não fiquem visíveis e através da lipoaspiração, é retirada a gordura que se acumula na região submandibular (queixo duplo). 

Este tipo de lifting reposiciona os tecidos e redefine o pescoço e o maxilar, dando volume à zona das maçãs do rosto, restaurando o “ar juventude”. Comparado ao Lifting Facial, oferece um avanço que atua paralelamente em diferentes partes do rosto, conseguindo maior harmonia. 

O preenchimento com gordura (Lipofilling Facial) ajuda a atingir essa naturalidade de forma mais eficaz.

Elevação do terço médio

O envelhecimento afeta principalmente a região periorbital, reduzindo também a projeção e o volume das maçãs do rosto, deixando as orelhas e o sulco nasolabial mais marcados. Este tipo de Lifting utiliza técnicas mais adequadas e eficazes em termos de rejuvenescimento, pois melhora a face e a zona da órbita e das pálpebras. 

Quando inclui o Lipofilling ou preenchimento de gordura como procedimento, combate a atrofia e a perda de gordura facial em partes específicas como as maçãs do rosto, conseguindo uma redistribuição mais harmoniosa.

Lifting frontal

Trata rugas na testa, entre as sobrancelhas e na altura das sobrancelhas. Essas mudanças eliminam uma aparência cansada ou irritada. As rugas nessas áreas ocorrem como resultado da hiperatividade dos músculos frontal e corrugador. 

O lifting frontal consiste em alongar parcialmente os músculos da área a ser tratada, para que deixem de formar rugas.

Lifting endoscópico

Este método é utilizado principalmente para o tratamento da região temporal e frontal, e sua técnica minimamente invasiva minimiza cicatrizes. 

São feitos apenas dois pequenos cortes de 1,5cm no interior do couro cabeludo. Através das incisões e com a ajuda de tecnologia, procuram-se os músculos a serem tratados. A recuperação também é mais rápida do que com um lifting tradicional e o resultado estético é muito satisfatório.

Opções de Rejuvenescimento Facial não cirúrgico

Existem diversos tipos de procedimentos que podem ser feitos para ter o rejuvenescimento facial sem cirurgia, a maioria deles são simples e podem ser feitos no consultório do especialista.

Vamos conhecer os tipos mais comuns de procedimentos de rejuvenescimento facial.

Injeções de toxina botulínica

As injeções de toxina botulínica relaxam os músculos que podem causar rugas. A maioria das pessoas recebe essas injeções entre as sobrancelhas, na testa ou nos cantos dos olhos. 

Os resultados podem durar até quatro meses, apesar do pouco tempo de duração, se o tratamento for feito no mínimo de 6 em 6 meses, é possível diminuir drasticamente as rugas de expressão e prevenir o envelhecimento da área.

Peelings químicos

Os peelings químicos podem ajudar a reduzir poros dilatados, minimizar rugas e revelar uma pele mais jovem e firme. A maioria das pessoas precisa de algumas sessões para alcançar os resultados desejados.

Preenchimentos dérmicos

As injeções de substâncias como ácido hialurônico ou gel são utilizadas para aumentar o volume das áreas do rosto que estão afundadas. Os preenchimentos dérmicos, por sua vez, são aplicados para acrescentar volume às bochechas e aos lábios, sendo eficazes na redução de rugas profundas. 

Além disso, eles têm a capacidade de proporcionar sustentação ao rosto, eliminando a sensação de flacidez ao volumizar áreas específicas responsáveis pelo suporte facial. A duração desses preenchimentos varia de seis meses a vários anos.

Injeções de gordura

As injeções usam a gordura de outras partes do corpo para preencher áreas flácidas do rosto. Elas são mais invasivas do que os preenchimentos dérmicos, pois a lipoaspiração é necessária para retirar gordura do corpo, mas tendem a durar mais tempo.

A Harmonização e o Lifting Facial podem caminhar juntas?

É muito normal que as pessoas queiram manter uma aparência jovem, e o rosto é uma área crucial de preocupação quando falamos sobre os sinais de envelhecimento precoce. 

Felizmente, existem várias técnicas disponíveis que podem ser combinadas de maneira estratégica para aprimorar a aparência facial. Entre essas técnicas, destacam-se o Lifting Facial e a Harmonização Facial.

A combinação dessas técnicas pode ser eficaz para melhorar a aparência de maneira geral. Por exemplo, um paciente pode optar por um Lifting Facial para tratar a flacidez da pele e rugas profundas e, em seguida, complementar com procedimentos de preenchimento facial para restaurar o volume perdido. 

A Harmonização Facial pode ser adicionada para criar um equilíbrio e realçar ainda mais a beleza natural. A chave para uma combinação bem-sucedida dessas técnicas é a consulta com um profissional experiente. 

O especialista vai avaliar as necessidades do paciente, para criar um plano de tratamento personalizado, somente desta forma, será possível alcançar os resultados desejados de maneira segura e natural. 

A combinação estratégica dessas técnicas pode proporcionar uma aparência mais jovem e harmoniosa, ajudando os pacientes a se sentirem mais confiantes e satisfeitos.

Conclusão

O Lifting Facial e a Harmonização são abordagens complementares que podem ser usadas para proporcionar o rejuvenescimento que os pacientes almejam. A escolha entre os dois depende das necessidades e objetivos individuais de cada paciente, bem como de seu nível de conforto com os procedimentos.

É importante consultar um especialista qualificado e experiente ao considerar os tratamentos. Ambos os procedimentos oferecem a oportunidade de ter uma aparência mais jovem e harmoniosa, restaurando a confiança e a autoestima.

Leia outros artigos e conheça o meu canal no Youtube

Gostou do conteúdo? Quer saber mais sobre a clínica, procedimentos e outras novidades do universo da harmonização facial, beleza ou odontologia? Visite o blog ou o meu canal no Youtube.

Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Iniciar conversa
Como posso ajudar?
Olá! Estamos à disposição para te ajudar. Envie a sua mensagem agora.