Harmonização Facial na terceira idade (acima dos 60 anos)

Harmonização Facial na terceira idade (acima dos 60 anos)

Harmonização Facial na terceira idade, é possível? Leia o artigo e saiba como o procedimento pode ajudar pacientes acima dos 60 anos.

Muito se fala em Harmonização Facial, e com muita frequência vemos na internet resultados de tratamentos em pessoas jovens. Muitas delas com menos de 30 anos. 

Fazer tratamentos para os pequenos sinais de envelhecimento é uma ótima decisão para quem quer retardar o processo de envelhecimento, e assim ficar por mais tempo com o rostinho dos 30 e poucos anos.  

No entanto, existe uma infinidade de pessoas que estão acima dos 60, que nunca fizeram tratamentos para a estética da face (existem algumas poucas pessoas já fizeram).

Até porque essa grande oferta de procedimentos para Harmonização Facial é atual, surgiu nessa última década. Antes, pouquíssimas pessoas faziam pequenos procedimentos, como o botox e peeling, a maioria já partia direto para a cirurgia plástica.

E são justamente as pessoas 60+ que estão mais incomodadas com as mudanças do rosto. Grande parte dessas pessoas têm a vida bastante ativa, se sentem jovens e muitas vezes olham no espelho, e percebem que o rosto não está acompanhando sua forma de ver o mundo. 

Muitas vezes escuto frases como: “quando olho no espelho eu vejo uma pessoa envelhecida, lembro da minha mãe/ pai, é engraçado que eu não me sinto assim”. 

São essas as pessoas que mais irão se beneficiar com os tratamentos de Harmonização Facial.

Existe diferença nos tratamentos de Harmonização Facial na terceira idade (acima dos 60 anos)?

Os tratamentos de Harmonização Facial são os mesmos. No entanto, existem diferenças de planejamento para tratar esse público. 

Uma das grandes diferenças é a perda de colágeno e elastina que as pessoas com mais idade têm. Com isso, tanto a pele, como os ligamentos e a musculatura são mais flácidos, e para um tratamento efetivo devemos repor essa perda de colágeno natural.

Dessa forma, os resultados da Harmonização Facial demoram mais a aparecer (mas vão aparecer, não se preocupem).

Acontece que não foi da noite para o dia que o envelhecimento da face aconteceu, não será da noite para o dia que vamos recuperá-la. Será um processo, em que faremos um gerenciamento de todas as camadas do rosto. 

É claro, que o que a maioria das pessoas quer, é um resultado imediato. 

No fundo, gente olha no espelho, e repara nas mudanças: São os olhos mais fundos e o bigode chinês, que não existiam e agora passam a gritar no espelho, as ruguinhas, que começam a ficar mais profundas, o lábio, que começa a ficar mais caído, o gordinho da região do buldogue etc.

O que as pessoas querem é que esses sinais do envelhecimento simplesmente desapareçam!

Veja bem, existem alguns tratamentos que podem entregar um resultado visual mais rapidamente. 

Por exemplo, o uso da toxina botulínica (o famoso Botox) vai prontamente melhorar as rugas que acontecem durante a expressão.  

Agora, se as rugas na testa e área dos olhos já estiverem presentes, mesmo sem fazer as expressões, o Botox não vai resolver completamente o problema. 

É preciso fazer também tratamento para amenizar essas rugas.

O preenchimento facial com ácido hialurônico é um outro recurso que com maior velocidade conseguimos visualizar o resultado. Isso porque o ácido hialurônico é um gel, que vai repor o volume que perdemos com o passar dos anos. 

Com o preenchimento facial conseguimos suavizar a profundidade da olheira, fazer lifting (ao repor o volume da têmpora e da maçã do rosto), conseguimos devolver volume nos lábios, que vão ficando mais finos com o tempo, conseguimos levantar a pontinha do nariz etc.

A grande diferença no tratamento com ácido hialurônico em pacientes acima de 60 anos, é que para ter um bom resultado visual, precisaremos de um grande volume de produto. 

O processo de envelhecimento em pacientes acima dos 60 anos e como a Harmonização Facial pode ajudar

Vou explicar: com o passar dos anos vamos perdendo volume ósseo em certas regiões, e com essa perda temos o derretimento da face, por falta de apoio. 

Quanto maior a perda óssea, maior a necessidade de repor volume com ácido hialurônico. 

Além disso, quanto maior a flacidez do rosto, menor o resultado visual do ácido hialurônico, porque precisaremos de muito volume para esticar a pele. 

O ácido hialurônico vem em seringas de 1ml. Então, muitas vezes, para um ótimo resultado em pacientes com mais idade, é necessário usar mais de 10 seringas, muitas vezes mais de 15 seringas, enquanto pacientes mais jovens precisam de uma a três seringas para o tratamento. 

É claro que as pessoas 60+ são muito diferentes entre si. Pessoas com o rosto mais fino, e com uma flacidez moderada podem se beneficiar com poucas seringas de ácido hialurônico. Então cada caso é um caso.

Mas para pessoas que têm um rosto mais pesado, e bastante flacidez, é mais inteligente associar o preenchimento facial com tratamentos que estimulem o colágeno. 

Desta forma o resultado visual será mais lento, mas será mais eficaz e natural ao longo dos anos, com um custo mais baixo. A ideia é fortalecer a pele, ligamentos e musculatura, para que o preenchimento consiga fazer mais volume, e assim usarmos menos seringas de ácido hialurônico.

Como será feita essa associação de tratamentos, depende de caso para caso. As pessoas são muito diferentes entre si, o planejamento é individual.

Uma outra característica que devemos levar em consideração é a textura da pele. Para pacientes 60+ essa preocupação é ainda maior.

Nenhum tratamento fica bonito em uma pele com muitas rugas e manchas. Tratar essas rugas superficiais e melhorar a textura da pele é essencial para um rosto rejuvenescido. 

Se a pessoa tiver a pele muito envelhecida, sugiro que inicie os tratamentos por aí.  É o que mais rapidamente trará um resultado, e vai contribuir positivamente para os próximos tratamentos.

Para tratamentos de pele, temos uma infinidade de peelings químicos. Também temos o microagulhamento e tratamentos a laser.  Esses tratamentos podem ser feitos de forma associada. 

O número de sessões necessárias vai depender do tipo de pele, e agressividade do tratamento. Mas já adianto que gerenciar a pele é um trabalho para a vida toda. 

Aproveito aqui para falar também sobre a importância de dormir com a pele limpa, hidratar e proteger com o uso de hidratante facial e protetor solar diariamente, não fumar (se tem algo que envelhece a pele é o cigarro), e beber bastante água (a hidratação da pele acontece principalmente de dentro para fora).

Bioestimuladores de colágeno – Harmonização Facial na terceira idade (acima dos 60 anos) 

Repor o colágeno e elastina perdidos é essencial para que as camadas do rosto fiquem com maior firmeza e elasticidade. 

Com isso, teremos rejuvenescimento e o processo de envelhecimento (que é contínuo) será mais lento. Uma pele com mais colágeno e elastina também responderá melhor aos preenchimentos faciais. Existe uma infinidade de tratamentos que estimulam o colágeno da nossa pele. 

Dentre os tratamentos posso citar: 

  • O uso da Hidroxiapatita de Cálcio (o nome comercial mais famoso é o Radiesse)
  • O uso do Ácido Polilático (o nome comercial mais famoso é o Sculptra)
  • O uso de fios de PDO
  • O Ultrassom Microfocado
  • Alguns peelings, como o ATA e o peeling de Fenol

Mas para a formação de colágeno não basta os nossos procedimentos. Nossos procedimentos vão estimular o trabalho celular, mas é o organismo da pessoa que deve sintetizá-lo.

Para que esse colágeno seja sintetizado, é muito importante que o nosso corpo tenha os “tijolos” para essa construção. Esses tijolos são os aminoácidos, vitamina C, selênio, silício orgânico, zinco, manganês e cobre. 

Devemos evitar o consumo excessivo de açúcar, e os hormônios devem estar em equilíbrio, assim como o sono, a alimentação e os exercícios físicos (isso serve para todas as pessoas, mas as pessoas com mais idade tendem a ter um maior desequilíbrio em todas essas áreas. 

Ou seja, para otimizar o tratamento, muitas vezes é importante atuar de forma conjunta e multidisciplinar, com endócrino e nutricionista.

Um outro ponto que pouco se fala, mas considero extremamente importante, é  que os pacientes saibam que nem sempre os tratamentos que estimulam colágeno promovem um resultado visual expressivo

Cansei de atender pessoas chateadas, relatando que fizeram Sculptra, Radiesse, ou Ultrassom Microfocado com outros profissionais, e disseram que o tratamento foi caro e não deu diferença nenhuma.

Veja, provavelmente o tratamento deu sim diferença, mas não é algo que podemos conferir em uma foto de antes e depois. 

Com uma maior quantidade de fibras colágenas a pele ficará mais firme, o que não significa que o rosto ganhará um lifting facial. É mais fácil perceber a diferença puxando a pele. 

Só conseguimos o lifting facial com o preenchimento, com algumas técnicas com fios, e com a cirurgia plástica (em casos mais avançados). Entender até onde cada tratamento vai, é fundamental para evitar frustração.

Agora, não é porque o tratamento não deu uma diferença visual importante, que ele não serviu para nada. Certamente o processo de envelhecimento será mais lento, e a pele responderá melhor a outros tratamentos.

Com tudo isso, já dá pra perceber que a Harmonização Facial realmente eficaz para pessoas que já apresentam envelhecimento facial, deve ser encarada como um gerenciamento.

Não será um tratamento pontual que entregará 10 anos de juventude, porém, esse gerenciamento com certeza devolverá muitos anos, além de proporcionar um envelhecimento lento e com graciosidade. 

Para pessoas que desejam um resultado visual rápido, é possível em poucas sessões fazer diversos procedimentos. Mas nem todos querem ou podem tratar dessa forma. 

Na minha opinião o mais importante é a constância. Se a pessoa fizer um procedimento de 3 em 3 meses, sem dúvida no prazo de 1 ano o trabalho ficará lindo. 

Deu pra perceber também que é muito mais rápido e simples fazer tratamentos de Harmonização Facial de forma preventiva, e nos primeiros sinais de envelhecimento. 

Sendo assim, se tem alguma mudança no rosto que começou a incomodar, o ideal é logo procurar tratamento. É a melhor forma de permanecer com o rosto jovem por mais tempo. 

Leia outros artigos e conheça o meu canal no Youtube

Gostou do conteúdo? Quer saber mais sobre os tratamentos, procedimentos e outras novidades do universo da odontologia e harmonização facial? Visite o blog ou o meu canal no Youtube.

Assista ao vídeo sobre Harmonização Facial na Terceira Idade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Iniciar conversa
Como posso ajudar?
Olá! Estamos à disposição para te ajudar. Envie a sua mensagem agora.