Invisalign: Minha experiência pessoal com o aparelho

Invisalign: Minha experiência pessoal com o aparelho

Sei que existem muitos textos sobre o Invisalign na internet, mas acho importante a minha opinião como profissional da área.

Por mais que a gente procure tratamentos para a estética da face não tem jeito, os nossos olhos sempre vão na direção do sorriso. Por isso o cuidado com os dentes é fundamental.

Além da estética, a cavidade bucal é uma porta de entrada importante para o nosso organismo, e é onde se inicia nossa nutrição (o início da digestão se inicia na mastigação). Por isso é fundamental cuidarmos da saúde bucal, e os dentes alinhados, além de belos, contribuem fortemente para a nossa saúde geral.

Dentes alinhados evitam o surgimento infecções bucais por cárie ou inflamação gengival, e facilita a mastigação.

Os aparelhos ortodônticos têm nos auxiliado com louvor nessa correção dos dentes, porém, os aparelhos convencionais têm diversas características que muitas vezes afastam as pessoas que necessitam do tratamento. O sorriso metálico e a dificuldade em higienizar os dentes são fatores muito inconvenientes.

Um outro fator bem irritante é não saber exatamente quando será o término do tratamento. Não são raros os tratamentos que ficam longos, sem data para acabar.

Invisalign: O futuro da Ortodontia

Os alinhadores ortodônticos vieram para ficar, e são um marco na odontologia.
Primeiro, acreditem se puder, eles são muito mais rápidos que os aparelhos convencionais.

O meu tratamento por exemplo, será de 3 meses. É muito improvável que o tratamento com aparelho fixo seja curto desta forma.

Como funciona o Invisalign?

Para iniciar o tratamento é feito inicialmente o escaneamento digital dos dentes. Esse escaneamento vai para a empresa, que faz o planejamento ortodôntico inicial. Esse planejamento vem de forma digital para o seu dentista, que faz a análise do caso e compartilha com o paciente.

Dessa forma, o dentista junto com o paciente conseguem visualizar como serão as mudanças dentais semana a semana, e quando será o fim do tratamento.

Assim que o planejamento for aceito, a empresa envia os alinhadores, que são placas com um material semelhante ao acetato, transparentes.

As placas são ligeiramente apertadas, e por isso são capazes de fazer a movimentação ortodôntica. O paciente deve usar a mesma placa durante 7 dias, 22 horas por dia (o alinhador deve ser removido somente para se alimentar). Se o paciente usar direitinho, o tratamento termina dentro do prazo estipulado.

Nesse momento é feito uma reavaliação para verificar o resultado, e caso seja necessário temos mais alguns alinhadores adicionais para o refinamento. Após esse período, é indicado usar o alinhador de contenção por mais três meses diariamente, e depois, o alinhador será usado somente para dormir.

Mesmo com toda a tecnologia do Invisalign, escolher um excelente profissional faz toda a diferença

Por melhor que seja a tecnologia, ainda não é possível descartar o profissional que está por trás do tratamento. Isso porque, o profissional provavelmente fará ajustes no planejamento do Invisalign. Por isso não é possível buscar orçamentos simplesmente pelo preço, como na compra de um produto. O profissional faz toda a diferença!

No meu tratamento, por exemplo, quando fiz o escaneamento digital, e o planejamento junto com o Invisalign, eu não gostei do resultado apresentado na simulação.

Isso porque, apesar do meu sorriso ter ficado alinhado, o planejamento mostrou que sobrariam alguns espaços escuros entre os meus dentes, sem a gengiva cobrindo, são os chamados “black spaces” (esse é um exemplo bem pessoal).

Conversei com meu dentista, que é o Dr. Rodrigo Paiva (dentista parceiro que trabalha no meu consultório), e ele mudou o planejamento. Eu só iniciei o tratamento quando aprovei o resultado, e quem fez esse planejamento foi justamente o ortodontista de minha escolha.

Detalhe, essa simulação jamais teria sido feita se eu optasse por um aparelho fixo convencional.

Só ia descobrir o inconveniente desses espaços escuros entre os dentes no término do tratamento, e somente nesse momento o dentista mudaria o planejamento. Com isso o tratamento seria muito mais lento, e certamente eu ficaria desapontada.

O que estou achando de usar o Invisalign?

Primeiramente tenho que dizer que estou muito feliz por estar alinhando os dentes. A minha oclusão (mordida) estava correta, mas alguns detalhes do meu sorriso me incomodavam muito nas fotos e vídeos. Além disso tinha um incisivo inferior que estava mais para trás que os demais, e com isso ele ficava mais escuro, pela sombra que fazia.

Apesar de me incomodar com esses detalhes, eu jamais toparia usar aparelho fixo nesse momento da minha vida, então o Invisalign foi fundamental. Penso que muitas pessoas se encontram na mesma situação.

Não topam de jeito nenhum encarar um aparelho fixo, mas agora possuem uma super alternativa. Me sinto muito satisfeita e segura em acompanhar toda a simulação virtual, passo a passo, e perceber essas mudanças a cada alinhador.

Sobre o aparelho em si, achei muito semelhante a usar uma moldeira de clareamento. Dito isso, devo dizer que, apesar da palavra Invisalign dar a entender que o aparelho é invisível, não é bem assim.

Ele é infinitamente mais confortável e discreto que o aparelho convencional, mas é óbvio que quem está usando lembra do alinhador a toda hora. Principalmente porque temos que removê-lo para se alimentar e ingerir líquidos com corantes.

Com isso, acabei automaticamente fazendo uma dieta, rs. Penso duas vezes antes de ficar beliscando alimentos, pois terei que remover o aparelho e em seguida escovar os dentes.

Nos primeiros dias estranhei falar com o alinhador, mas logo me acostumei, falo normalmente, sem problemas.

Um outro detalhe fundamental, para quem tem interesse em usar o Invisalign é estar consciente que é necessário disciplina. Eu pessoalmente sou bastante disciplinada com o tratamento. Removo somente para me alimentar e escovar os dentes, mas logo coloco novamente, justamente porque quero que o tratamento termine logo.

Para que o tratamento com Invisalign termine no prazo, é necessário usar o alinhador 22 horas por dia, praticamente o tempo todo. Se a pessoa não usar no tempo correto, precisará adicionar mais horas futuramente, para compensar o que foi perdido.

Não usar eventualmente é uma coisa (inclusive é uma das vantagens, do Invisalign, poder ficar sem o alinhador em uma festa ou em uma ocasião importante). Agora, se a pessoa tirar toda hora e não colocar, o tratamento ficará mais lento e cansativo. Dito isso, é importante que a pessoa que pensa em usar o aparelho seja honesta consigo, antes de iniciar o tratamento. Diferente do aparelho fixo, que não sai da boca, o uso do Invisalign depende de você.

Para finalizar, devo dizer que no final do tratamento, é possível associar o uso dos alinhadores de contenção com o clareamento dental. É uma forma magnífica de terminar, pois além de alinhados seus dentes ficarão branquinhos.

Assista ao vídeo sobre o Invisalign

Nesse vídeo eu detalhei um pouco mais sobre as minhas experiências pessoais com o Invisalign. Não esqueça de deixar seu like, seu comentário e se inscrever no canal.

Leia outros artigos e conheça o meu canal no Youtube

Gostou do conteúdo? Quer saber mais sobre os tratamentos, procedimentos e outras novidades do universo da odontologia e harmonização facial? Visite o blog ou o meu canal no Youtube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Iniciar conversa
Como posso ajudar?
Olá! Estamos à disposição para te ajudar. Envie a sua mensagem agora.