Preenchimento Labial: Tudo que você precisa saber sobre o tema

Preenchimento Labial: Tudo que você precisa saber sobre o tema

Os lábios são fundamentais para compor a estética do rosto. Isso porque eles são a moldura do nosso sorriso, é uma das regiões que mais colocamos atenção durante uma conversa, e suas proporções participam ativamente do desenho do nosso perfil.

Existem lábios de diversos formatos e tamanhos, e suas características, tão particulares, muitas vezes causam um grande encantamento para quem observa, por isso é uma área que necessita de muita atenção.

Já digo logo de início que não existe um único lábio que seja “o ideal”, pois ele está inserido dentro de um rosto, com diversas proporções. Você pode admirar o lábio de uma pessoa específica, mas isso não deve ser referência para a transformação do seu lábio, pois o que é bonito para um pode ficar bem esquisito no rosto de outro.

Existem diversas referências, que nós profissionais estudamos para avaliar a possibilidade de mudar as proporções de um lábio, mas já digo que na maioria dos casos de preenchimento labial, os tratamentos são feitos para provocar mudanças sutis, para intensificar o que já e belo, sem grandes transformações. Cada caso é um caso, e nesse texto vou dar muitas informações importantes para quem tem o desejo de fazer o preenchimento labial.

Como é feito o Preenchimento Labial?

O material de escolha para fazer o Preenchimento Labial é o Ácido Hialurônico. Isso porque é um material muito bem aceito pelo nosso organismo, que deixa o lábio com aspecto e a textura muito natural. O procedimento é feito com anestesia local, com o auxílio de cânulas.  O Ácido Hialurônico é um produto que tem uma consistência de gel. Com ele conseguimos fazer uma escultura labial e aumentar o volume, dependendo da indicação. Uma outra característica do Ácido Hialurônico é o fato dele atrair água, para suas proximidades. Assim, temos também a hidratação labial.

O procedimento demora aproximadamente 1 hora e meia, e já é possível ter uma ideia do resultado logo no final do tratamento. O lábio é uma área muito sensível, e costuma inchar um pouco com o procedimento (nada absurdo, mas ficará maior do que será no final). Por isso peço para que a pessoa retorne em 15 dias para uma reavaliação. Nesse momento será feito o retoque, caso seja necessário.

O que deve ser examinado, para fazer o Preenchimento Labial?

O lábio é uma estrutura bastante complexa. Ao fazer o preenchimento labial o profissional avalia diversas características:

Posicionamento dos dentes e projeção dos lábios

Sim, pasmem. O posicionamento dos lábios está fortemente ligado com o posicionamento dos dentes. Dentes projetados para frente (ou mesmo o aparelho fixo) consequentemente projetará os lábios. Da mesma forma, dentes inclinados para dentro (ou a ausência de algum dente) diminuirá o volume dos lábios. Pessoas com ausência de vários dentes, ou com próteses antigas naturalmente terão os lábios mais finos, assim como pessoas com desgaste nos dentes, ou com a “mordida profunda”.

Por isso, é muito importante a avaliação do dentista. Muitas vezes o tratamento adequado para melhorar a estética labial é o tratamento dentário, e até mesmo a cirurgia Ortognática.

Uma outra característica que deve ser levada em consideração para o preenchimento labial é a quantidade da exposição dental ou da exposição gengival que aparece durante o sorriso. Pessoas que tem um sorriso gengival excessivo podem se beneficiar do preenchimento labial. Com o aumento do volume do lábio superior a gengiva passa a aparecer menos, o que deixa o sorriso mais harmônico. Por outro lado, pessoas que expõem pouco os dentes durante o sorriso devem preencher o lábio superior com moderação. Algumas vezes devem apenas fazer o contorno labial. Isso para evitar que o dente fique ainda menos exposto, o que causa um envelhecimento.

Proporção do lábio superior com o inferior

Na maioria das faces a proporção ideal para um lábio (visto de frente), é de 1/3 para o lábio superior para 2/3 do lábio inferior.  Essa é uma medida que nós profissionais levamos em consideração para o preenchimento, mas não é uma proporção obrigatória. Essa medida pode variar, dependendo do formato do rosto e etnia do paciente.

No perfil o lábio inferior é ligeiramente mais projetado que o superior. Para uma harmonização completa o profissional sempre examina a proporção entre o queixo, lábio e ponta do nariz. Muitas vezes para um resultado mais natural é necessário preencher mais de uma área. Tudo isso é muito bem conversado antes do tratamento.

Contorno do lábio e “arco do cupido”

Uma característica importante para um lábio bonito é o contorno labial.  O contorno define o lábio e faz sua eversão. Pessoas que não gostam, ou tem dificuldade em passar batom, geralmente precisam de contorno.

 Na região superior temos o chamado “arco do cupido”, que é a junção do contorno com os filtros labiais.  Algumas pessoas perdem essas características, com o passar dos anos, outras nunca possuíram definição nessas regiões. Tudo isso pode ser construído ou reconstruído com o preenchimento.

Comissura labial (canto dos lábios)

Uma das situações que acontecem com o envelhecimento facial é a queda da comissura labial, o que dá aquela sensação de “boca triste”.  Muitas vezes essa “boca triste” está acompanhada das rugas no canto dos lábios, as “rugas de marionete”. Isso acontece por uma série de fatores, que podem estar associados, como a flacidez da pele, a queda dos tecidos gordurosos da face como um todo, a força muscular por certos movimentos repetitivos dos lábios, a perda da dimensão vertical, pelo desgaste ou perda de dentes, e a perda do volume labial.

 Toda essa região deve ser tratada com o preenchimento, não somente no lábio, mas em todo o entorno da comissura labial. No entanto, é necessária uma avaliação global do rosto, para tratar com eficiência essa região. Muitas vezes devemos associar outros tratamentos, como o preenchimento à distância, os fios de sustentação, os tratamentos para a Bioestimulação de Colágeno e os tratamentos dentários.

Tubérculo labial

O tubérculo labial é aquela região mais volumosa, no meio do lábio superior. Nem todos os lábios possuem esse tubérculo de forma evidente. Isso pode ser esculpido durante o preenchimento labial, caso seja conveniente.

Quanto tempo dura o Preenchimento Labial?

O Ácido Hialurônico é um material que vai sendo reabsorvido ao longo do tempo, de forma lenta. Na maioria das pessoas podemos notar após um ano, que o lábio ainda não voltou ao que era no início do tratamento, porém será necessário um retoque para manter o resultado.  Mas esse tempo varia de acordo com o metabolismo de cada um, hábitos, densidade do Ácido Hialurônico e quantidade aplicada.

O cigarrro e o envelhecimento do lábio

Que o cigarro potencializa o envelhecimento facial não é segredo para ninguém, mas para os lábios é ainda mais prejudicial.  Primeiro porque os lábios ficam em contato direto com todas as substâncias tóxicas presentes, mas não é somente por isso. O fumante passa muito tempo por dia fazendo uma contração específica nos lábios, o que causa a famosa “boca de fumante”. Com a contração constante, as rugas em “código de barra” acima dos lábios começam a aparecer, associada com a depressão das comissuras (queda do canto dos lábios).

Também com o “ato de fumar”, os lábios tendem a ficarem mais finos, por uma tonificação excessiva da região.

Com o contorno dos lábios dado pelo preenchimento labial é possível melhorar bastante essas “rugas em código de barra”. Algumas vezes o tratamento deve ser associado com outros procedimentos, como o Peeling, os Fios de Sustentação e a Toxina Botulínica, porém nenhum tratamento será eficaz se a pessoa continuar fumando. A contração repetitiva do lábio fará o Ácido Hialurônico ser metabolizado mais rapidamente pelo organismo.

 O meu Preenchimento Labial durou pouco

Isso é uma reclamação frequente nos consultórios. Entendam uma coisa, geralmente as seringas de Ácido Hialurônico vem com 1ml de produto. Se você parar para medir quanto volume tem em 1ml, perceberá que não é muito material, principalmente porque esse volume será distribuído em todo o lábio, que tem uma série de características complexas. Com 1ml de produto é possível definir o contorno dos lábios, hidratar e conseguir um aumento de volume MUITO discreto.

Assim que fazemos o preenchimento temos um aumento do volume causado pelo edema (inchaço). Muitas pessoas ficam satisfeitas com esse inchaço, e se desapontam quando ele desaparece. A maior parte do edema vai embora em 15 dias, mas ainda temos uma mudança sensível nos dois primeiros meses.

Provavelmente, o Ácido Hialurônico ainda está presente na maioria das pessoas que têm essa queixa, porém numa quantidade inferior do que a desejada por elas. O que deve ser feito nesses casos é colocar uma maior quantidade de produto para a estabilizar o resultado.

Quero melhorar o desenho do meu lábio, mas não quero aumentar o volume

Isso é muito simples! É só começar usando pouco material. Geralmente 1ml de preenchimento labial será uma boa quantidade para melhorar o desenho do lábio sem aumentar o volume, mas é possível colocar até menos, e reavaliar em 15 dias. A única coisa que as pessoas devem lembrar é que terá um inchaço inicial. Então, não se preocupem com o volume inicial, isso vai sair nas primeiras semanas.

Quero aumentar o volume dos meus lábios, quantas seringas de Ácido Hialurônico devo colocar?

Não existe uma quantidade fixa de produto para proporcionar lábios mais volumosos, cada caso é um caso. Mesmo para pessoas que desejam mudar o padrão dos lábios, eu não costumo aplicar mais de 2ml por vez (na maioria das vezes aplico 1ml de cada vez). Isso para permitir que a pele se distenda, e assim o produto se adapte na região, e fique mais natural.

Assim a mudança vai sendo gradativa, evita o deslocamento do material e o edema exagerado. O Ácido Hialurônico permite que você acrescente material a qualquer momento. Por isso o ideal é fazer aos poucos.

Fiz Preenchimento Labial, mas o lábio ficou com algumas “bolinhas”, o que devo fazer?

Essas “bolinhas” podem aparecer, dependendo do tipo do Ácido Hialurônico, tipo de técnica, e metabolismo de cada um. No meu consultório é muito raro que isso aconteça, por usar o material apropriado e a técnica correta.

Mas saiba que isso é muito fácil de resolver. Caso isso ocorra nos primeiros dias, é possível dissolvê-las com massagem vigorosa na região. Caso as bolinhas persistam o profissional consegue removê-las com bastante facilidade, o ideal é retornar no profissional que fez o procedimento.

Tenho vontade de fazer Preenchimento Labial, mas tenho medo de não gostar. Se precisar, eu posso remover?

Sim, isso é um dos grandes trunfos do Ácido Hialurônico. Ele pode ser removido a qualquer momento com uma enzima chamada Hialuronidase, o que faz o tratamento ser muito seguro.

Famosos que já deram o que falar com Preenchimento Labial

Anitta

Anitta - Preenchimento Labial

Não é segredo para ninguém que a Anitta fez diversas plásticas e tratamentos de Harmonização Facial. Ela já apareceu com os lábios super inchados, e com isso ficou nos Trending Topics do Twitter, por conta do seu “bico de pato”.

Eu não posso afirmar o que aconteceu naquele momento, mas provavelmente ela estava com os lábios ainda inchados pós procedimento. Se você entrar no Instagram dela, verá que hoje os lábios estão com volume, porém bem desenhados e proporcionais.

Karina Bacchi

Karina Bacchi - Preenchimento Labial

A apresentadora sempre teve os lábios volumosos, porém não tinha muito contorno, e o seu “arco do cupido” era pouco evidente. Ela sempre foi uma mulher muito bonita, mas o preenchimento labial intensificou sua beleza. Perceba que o volume dos lábios não aumentou muito com o tratamento, o que mudou foi o desenho.

Flávia Pavanelli

Flavia Pavanelli Preenchimento Labial

Mais uma, que pegaram no pé pós preenchimento labial. Assim que a atriz e influencer fez o preenchimento labial, apareceu nas redes com a boca inchada, e com isso teve uma enxurrada de críticas.

O que todos devem entender de uma vez por todas é que o preenchimento labial é um tratamento, que precisa de um tempo de recuperação. Nos 15 primeiros dias a boca estará inchada, e esse não é o resultado.

Quando a Flávia Pavanelli foi questionada, se chegou a se arrepender de ter feito o tratamento, respondeu que não: “Nem por um segundo. Nem quando me pegaram pra Cristo. Agora já desinchou”.

Diego Hypolito

Diego Hypolito - Preenchimento Labial

Sim, o ginasta também se rendeu ao preenchimento labial. Ele achava seus lábios muito finos, principalmente no sorriso, quando o lábio superior praticamente desaparecia. Com o preenchimento os lábios ficaram mais evidentes, de uma forma muito sutil e natural.

Assista o vídeo sobre Preenchimento Labial

Nesse vídeo eu detalhei um pouco mais sobre as técnicas e o procedimento Preenchimento Labial. Não esqueça de deixar seu like, seu comentário e se inscrever no canal 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Iniciar conversa
Como posso ajudar?
Olá! Estamos à disposição para te ajudar. Envie a sua mensagem agora.