Rinomodelação: Harmonizando o seu nariz

Rinomodelação: Harmonizando o seu nariz

Você conhece a Rinomodelação? Continue lendo este conteúdo e saiba mais sobre esse procedimento.

O nosso querido nariz está no centro do rosto, e muitas vezes é motivo de incômodo, por diversos detalhes. As principais queixas são o comprimento, a giba (aquele ossinho que fica no meio), a pontinha virada pra baixo, a aba etc.

O incomodo ainda pode ser com assimetria, e até com a falta de volume (algumas pessoas, principalmente as de origem oriental, tem queixa do nariz ser pequeno demais, inclusive de não conseguir apoiar os óculos.

A cirurgia plástica (rinoplastia) é o padrão mais conhecido para tratar o nariz. Porém, muitas pessoas não querem fazer o procedimento. Algumas tem medo ou receio de fazer uma cirurgia, outras não se incomodam tanto assim com o nariz, para optar por um tratamento tão invasivo.

Ainda tem aquelas pessoas que já passaram por uma ou mais rinoplastias, mas ainda se incomodam com detalhes, para essas pessoas, a rinomodelação é super indicada.

Uma outra indicação, é para pessoas que se incomodam com o nariz e estão em dúvida se fazem ou não a Rinoplastia. A Rinomodelação é um ótimo ensaio. Assim a pessoa tem tempo de assimilar a mudança, ver se o resultado da Rinomodelação e o que ela realmente quer, e se optar por fazer a rinoplastia, é possível reverter a Rinomodelação.

Como funciona a Rinomodelação?

Inicialmente chamamos de Rinomodelação todos os procedimentos para harmonizar o nariz que não sejam cirúrgicos.

Com a evolução dos tratamentos estéticos, a cada dia aparece uma nova técnica, inclusive, hoje em dia existem técnicas mais invasivas que associam o preenchimento com procedimentos cirúrgicos dentro do consultório (a chamada Rinomodelação definitiva).

Eu vou falar aqui da técnica que eu utilizo no meu consultório, que é a técnica mais estudada, e por isso a mais previsível, que é a Rinomodelação com Ácido Hialurônico.

O que a Rinomodelação com Ácido Hialurônico, e o que ela é capaz de fazer?

O Ácido Hialurônico é um material preenchedor reabsorvível. Com ele conseguimos colocar volume em áreas de depressão, construir uma ponta, e dar estrutura na região da columela. Com isso é possível corrigir assimetrias, esconder a giba (o ossinho do meio) e empinar o nariz.

Também é possível dar um aspecto mais fino ao nariz, acrescentando uma linha fina de Ácido Hialurônico bem no centro. É o “efeito iluminador”.  As abas também podem ser amenizadas ao preencher a fossa piriforme, que é aquele triângulo ao lado da aba, que dá início ao bigode chinês.

Com o preenchimento o Nariz não vai ficar maior?

Pasmem, a resposta é não! Grande e pequeno é uma questão de proporção. Quando preenchemos áreas estratégicas, o nariz muda completamente, e a sensação é de que ele ficou menor. Os resultados falam por si só.

Também com o preenchimento é possível alterar a área de luz e sombra, da mesma forma que os maquiadores fazem com a sombra e o iluminador. Assim conseguimos produzir um efeito visual de nariz pequeno.

Ainda sobre o tamanho do nariz, é muito importante uma avaliação do rosto como um todo. Muitas pessoas que têm queixa de “nariz grande”, tem também o queixo muito retraído, ou falta de volume na maçã do rosto. Tudo isso faz o nariz chegar na frente, no perfil.

Por isso os resultados sempre ficam mais bonitos quando fazemos o tratamento “Full Face”, aquele que tratamos todo o rosto. Assim o rosto todo fica em harmonia, com as proporções mais adequadas.

Por que fazer a Rinomodelação com Ácido Hialurônico, ao invés dos fios?

Veja bem, existem bons e maus profissionais no mercado, usando ambas as técnicas. Eu particularmente prefiro usar o Ácido Hialurônico por ser um material fluído. Nas minhas experiências, pude tirar a conclusão de que é possível acertar melhor os detalhes finos, em comparação aos fios, que são implantes sólidos.

Com o Ácido Hialurônico é mais fácil modelar o nariz, para ficar com o formato desejado. Além disso, é mais fácil remover o material, caso seja necessário.

Na minha opinião, o mais importante é selecionar um bom profissional, e confiar na técnica escolhida por ele.

Qual é a recuperação da Rinomodelação?

Diferente da Rinoplastia, que recuperação leva de 6 meses a 1 ano, a da Rinomodelação é bem rápida. No mesmo dia já é possível ver o resultado. Pode ter algum hematoma e algum inchaço leve, mas é bem sutil. Já é possível trabalhar no dia seguinte sem problemas. Eu sempre peço para tomar a medicação prescrita, não tocar na área com mão suja, evitar exposição solar por 7 dias e atividade física nas primeira 24 horas.

Quantas sessões são necessárias para a Rinomodelação?

Quem quiser fazer a Rinomodelação, tem que ter em mente que é um TRATAMENTO.

Já é possível ver o resultado na primeira sessão, mas os detalhes são aprimorados nos retornos. Isso porque o corpo precisa de um tempo para assimilar o material inserido.

Eu peço no mínimo um retorno em 15 dias para retoque, mas muitas vezes gosto de fazer um terceiro retorno.

Quanto tempo dura a Rinomodelação?

Apesar do Ácido Hialurônico ser um produto reabsorvível, a Rinomodelação não é feita para acabar (lembre-se, é um tratamento).

Em um ano o nariz estará melhor do que inicialmente, mas já será a hora do retoque. No retoque será usado menos material. A cada ano o resultado será mais bonito e mais estável.

As abas largas são corrigidas com a Rinomodelação?

Elas são levemente disfarçadas ao preencher as laterais, na fossa piriforme. No entanto, a Rinomodelação não mexe na aba. Existe um procedimento chamado Alectomia, que fecha cirurgicamente as abas do nariz. Também existem algumas técnicas de fechamento de aba com fios.

Na maioria dos casos, vejo que para abas largas o tratamento mais adequado é a Rinoplastia. Isso porque geralmente quem tem abas largas também tem pouca cartilagem na ponta e a pele grossa.

Para um resultado mais bonito, além de fechar as abas é importante estruturar a ponta, e isso é feito de forma mais adequada na Rinoplastia. Claro que algumas pessoas se beneficiam da Alectomia. Eu sugiro fortemente que os interessados pesquisem bastante antes de fazer.

Leia outros artigos do Blog

Gostou do conteúdo? Quer saber mais sobre tratamentos, procedimentos e outras novidades do universo da odontologia e harmonização facial? Visite outros artigos do blog e saiba mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Iniciar conversa
Como posso ajudar?
Olá! Estamos à disposição para te ajudar. Envie a sua mensagem agora.